martes, 24 de xaneiro de 2017

A «Forzosa». Un final, distintos métodos, unha soa arte. [2/3]


1.2.4. Pé de «PINTAINHO MAROTO» - Dr. Vaz Vieira (2005)

Alternativa às posições de preparação da conquista das Paralelas do Método Pé de Pata, fácil de memorizar, pois passa sempre, ao 3° lance, por um mini triangulo nas casas:

 10-11-14 ou 10-14-18 ou 15-19-23 ou 19-22-23 

daí o nome de Pé de «PINTAINHO MAROTO» atribuido pelo Dr. Vaz Vieira.

Nota: A estruturação desta alternativa e o nome atribuido são da autoria do Dr. Vaz Vieira que o publicou no último número da Enciclopédia Damista em 2005 mas esta estratégia já tinha sido aplicada antes pelo Dr. Sena Carneiro na Enciclopédia Damista - Finais Practicos Basicos 2°Volume Pag. 447.


É de notar que a DAMA «FORÇADA» só impede o lance 14-25[4] se estiver em 4 ou 25:
ð DAMA «FORÇADA» em 4: 10-1[4] (ou 14-19 ou 23 ou 28 e Bipolar GB), 4-8, 11-15[5], 8x10, 1x [6] GB
ð DAMA «FORÇADA» em 25: 11-4[4] e 4x [5] GB
O primeiro lance que as 3 Damas vão fazer é pois o 14-25 e assim se começa a formar uma das 8 Posições Estratégicas de Mate do Capitão Evaristo Borges (1933).

28. Jogam as NEGRAS

Vejamos então como ganham as 3 DAMAS consoante a posição da DAMA «FORÇADA»:

ð DAMA «FORÇADA» em 8:  25-29[5], 8-4, 11-25[6], 4-8 , 10-19[7], 8x22, 29x [8] GB
ð DAMA «FORÇADA» em 12:  10-3[5] e se:
     • 12-19 (ou 22 ou 26 ou 29), 3-12[6], 19x8, 25-29[7], 8-4, 29-25[8], 4x , 25x[9] GB
     • 12-8, 25-29[6], 8-4, 29-25[7], 4x , 25x[8] GB
     • 12-16, 3-12[6], 16x14, 25x[7] GB
ð DAMA «FORÇADA» em 22 (a melhor):  25-29[5] e as 3 DAMAS formam assim a PEM2, deixando apenas 3 alternativas validas à DAMA «FORÇADA»:
     • 22-31, 29-12[6] e RECTA FLUTUANTE e GB ao 12° lance
     • 22-27, 29-15[6] e Gancho do Pé de Galo GB ao 11° lance
     • 22-9, 29-19[6] e forma o “L” GB ao 12° lance
ð DAMA «FORÇADA» em 26:  10-3[5], 26-30 (Se 26-17, 11-14 ou 6 GB), 3-16[6] (ou 25-29), 30-17 (Se 30-26, 16-12[7] GB ao 10° lance), 11-6[7] e 25-7[8] GB ao 9°
ð DAMA «FORÇADA» em 29:  10-3[5], 29-19, 3-12[6], 19x8, 25-29[7], 8-4, 29-25[8], 4x , 25x[9] GB


1.2.5. Pé de «PITAGORAS»

Alternativa na Estratégia DISSUASIVA da conquista das Paralelas no Método Pé de Pata (ver§ 1.2.3.)
que passa sempre, ao 5° lance, por um Triangulo Rectangulo
10-11-19 ou 10-18-19 ou 14-15-23 ou 14-22-23




Solução da Posição BASE:

ð DAMA «FORÇADA» em 4: 10-17[4], 4-18 por exemplo, 17-21[5], 18x25, 8-4[6], 25-29, 4-8[7], 29x , 8x[8] GB

ð DAMA «FORÇADA» em 7: 10-17[4] e se:
     • 7-4 ou 11 ou 18, 17-21[5], 11x25, 8-4[6], 25-29, 4-8[7], 29x , 8x[8] GB
     • 7-25, 8-4[5], 25x29, 4-8[6], 29x , 8x[7] GB
     • 7-16, 17-30[5], 16-7, 8-12[6], 7x16 , 19-23[7], 16x27, 30x23[8] GB
     • 7-3, 19-10[5], 3x13, 17x [6] GB

ð DAMA «FORÇADA» em 21: 10-17[4] e se:
     • 21-18 ou 11 ou 7 ou 4, 17-21[5], 18x25, 8-4[6], 25-29, 4-8[7], 29x , 8x[8] GB
     • 21-25, 8-4[5], 25x29, 4-8[6], 29x , 8x[7] GB
     • 21-30, 19-26[5], 30x21, 17x[6] GB

ð DAMA «FORÇADA» em 18: 8-4[4], 18-9 ou 27 ou 31, 4-11[5] e TRIANGULO RECTANGULO formado ao 5° lance e GB ao 12° lance.

ð DAMA «FORÇADA» em 11: 8-4[4], 11-2 ou 20 ou 24, 4-18[5] e TRIANGULO RECTANGULO formado ao 5° lance e GB ao 12° lance.





Solução da Posição BASE:

ð DAMA «FORÇADA» em 25: 10-3[4], 25-22 por exemplo, 3-7[5], 22x4, 29-25[6], 4-8, 25-29[7], 8x , 29x[8] GB

ð DAMA «FORÇADA» em 7: 10-3[4] e se:
     • 7-11 ou 18 ou 21 ou 25, 3-7[5], 11x4, 29-25[6], 4-8, 25-29[7], 8x , 29x[8] GB
     • 7-16, 19-12[5], 16x7, 3x [6] GB
     • 7-4, 29-25[5], 4-8, 25-29[6], 8x , 29x[7] GB

ð DAMA «FORÇADA» em 21: 10-3[4] e se:
     • 21-25 ou 18 ou 11, 3-7[5], 25x4, 29-25[6], 4-8, 25-29[7], 8x , 29x[8] GB
     • 21-4, 29-25[5], 4-8, 25-29[6], 8x , 29x [7] GB
     • 21-30, 3-16[5], 30-17, 29-26[6], 17x30, 19-23[7], 30x20, 16x [8] GB
     • 21-17, 19-10[5], 17x6, 3x [6] GB

ð DAMA «FORÇADA» em 18: 29-25[4], 18-9 ou 27 ou 31, 25-11[5] e TRIANGULO RECTANGULO formado ao 5° lance e GB ao 12° lance.

ð DAMA «FORÇADA» em 11: 29-25[4], 11-2 ou 20 ou 24, 25-18[5] e TRIANGULO RECTANGULO formado ao 5° lance e GB ao 12° lance.


Solução da Posição BASE:
ð DAMA «FORÇADA» em 16, 17 e 30: 10-3[6] e Recta Alicerçada formada ao 6º lance GB ao 9° lance
ð DAMA «FORÇADA» em 3: 10-17[6], 3-16, 11-7[7], 16x3, 19-10[8], 3x13, 17x [9] GB ao 9° lance
ð DAMA «FORÇADA» em 2: 10-6[6] ou 19-15[6] ou 11-24[6] etc GB ao 9° lance
ð DAMA «FORÇADA» em 24: 10-6[6] ou 19-15[6] etc GB ao 9° lance
ð DAMA «FORÇADA» em 27: 10-6[6] Gancho de GONIAIEV ou 19-15[6] Gancho Pé de GALO etc GB ao 10° ou 11° lance
ð DAMA «FORÇADA» em 31: 10-3[6] e Recta Alicerçada formada ao 6° lance GB ao 11° lance
ð DAMA «FORÇADA» em 9 (ver § 2.2.1 - “L” com as 3 DAMAS a jogar): *10-17[6] lance de espera e se:
                          • 9-27, 17-6[7] e Gancho de GONIAIEV formado ao 7° lance GB ao 11° lance
                          • 9-31, 17-3[7] e Recta Alicerçada formada ao 7° lance GB ao 12° lance
                          • 9-2, 11-24[7] ou 17-6[7] e GB ao 10° lance



1.3.1. A conquista das Paralelas no Método Dr. Sena Carneiro

Utilizando exclusivamente uma estratégia DISSUASIVA, o Método Dr. Sena Carneiro é o método mais eficiente, se comparado com todos os outros métodos, em termos de número de lances necessários para a captura da DAMA «FORÇADA» em cada variante possível.
Por outras palavras, neste Método, a DAMA «FORÇADA» tem que se defender muito bem para conseguir resistir até ao 12° lance!
Este é o método a previligiar se, na posição incial, houver já uma das 3 Damas num dos cantos do circuito maior: 3, 16, 17 ou 30.

Recordamos, aqui em baixo, todas as 16 possíveis Posições DISSUASIVAS que têm que ser formadas no máximo até ao 3° lance:
Estas são as 4 possiveis posições que se formam no fim da Fase 1, quando a 2ª Paralela é conquistada neste Método.
Mas isto acontece quando a DAMA «FORÇADA» defende bem! Veremos que, se a DAMA «FORÇADA» abandonar as Paralelas após o 3° lance das 3 Damas, pode-se ter que passar logo para a RECTA ALICERÇADA (ver § 3.2)
Como vimos anteriormente, o predicado da Estratégia DISSUASIVA, é que a conquista da 2ª Paralela é feita pelas casas do meio e não pelos extremos 4, 8, 25 e 29. Na Posição Base, o último lance das 3 Damas teve que ser ou o 14-19 ou o 15-11.

Duas regras é preciso reter nesta Fase 1 e ambas dizem respeito ao 4° lance das 3 Damas:

1-     Se, ao 4° lance, tiver que ser feito um lance de espera, é sempre a Dama do Circuito Maior que se desloca para o canto do Circuito Maior mais distante da Dama da Flecha.


2-     Se, após a formação das Posições Dissuasivas, a DAMA «FORÇADA» abandonar a Paralela, as 3 damas ou formam as Posições Objectivo ao 5° lance ou, não sendo possivel, formam logo RECTA ALICERÇADA (ver § 3.2)

No Exemplo 3 é possível formar a Posição Objectivo ao 5° lance (TRANSPOSIÇÃO 3) fazendo logo o lance 14-19[4], mas no Exemplo 4, as 3 Damas não conseguem formar nenhuma das Posições Objectivo ao 5° lance. Então formam logo a RECTA ALICERÇADA jogando 14-19[4], uma vez que, a RECTA ALICERÇADA, se for formada ao 4° lance, ganha contra qualquer posição da DAMA «FORÇADA».
________________________________________________

Vendo um exemplo pratico, desde o inicio, tudo fica mais claro!


São varias as razões pelas quais o Método Dr. Sena Carneiro é o mais eficiente dos quatro Métodos Gerais conhecidos até hoje:
  • na Fase 1, da conquista das Paralelas, utiliza exclusivamente a Estratégia DISSUASIVA o que limita a acção da DAMA «FORÇADA» e permite a conquista da 2ª Paralela pelas casas do meio (casas uteis que dominam várias linhas) e não pelos extremos que dominam apenas a 2ª Paralela.
  • na Fase 2 utiliza exclusivamente o GANCHO FUNDAMENTAL de GONIAIEV que, como veremos no § 2.3.2, consome menos um lance que o GANCHO FUNDAMENTAL Pé de Galo.
  • para a captura da DAMA «FORÇADA» na Fase 3, o Método Dr. Sena Carneiro utiliza exclusivamente a RECTA ALICERÇADA (§ 3.2) que tem o mérito de, formada ao 4° lance, ganhar contra qualquer posição da DAMA «FORÇADA».

Ver a continuação da Solução deste Método em § 2.1.3.


1.3.2. Complemento ao Método Dr. Sena Carneiro na fase da conquista das Paralelas. Sem Dama nos cantos do Circuito Maior

Vimos, no capitulo anterior, que o Método Dr. Sena Carneiro é o método a previligiar se, na posição inicial, houver já uma das 3 Damas num dos cantos do circuito maior: 3, 16, 17 ou 30.
Mas este Método permite ainda que a Dama do Circuito Maior possa estar noutra casa do Circuito Maior sem ser obrigatoriamente nos cantos.
É essa possibilidade, do Método Dr. Sena Carneiro, que vamos ver agora.

ð DAMA «FORÇADA» em 2 ou 20 ou 24: 14-19[4] seguido de 7-3[5] e temos a Transposição 3 das Posições “Objectivo a atingir no máximo até ao 5° lance” do Método Dr. Sena Carneiro (§ 1.3.1)

ð DAMA «FORÇADA» em 3: 7-16[4], 3-6 (Se 3-17, 16-3[5] GB), 18-22[5] e temos a Transposição 2 das Posições “Objectivo a atingir no máximo até ao 5° lance” do Método Dr. Sena Carneiro (§ 1.3.1).

ð DAMA «FORÇADA» em 6: 14-19[4], 6-3 (outra 7-3[5] GB já visto), 7-11[5] e ganha-se pelo Pé de Galo pois se:
- 3-16, 18-22[6], 16-30 (Se 16-3, 19-23[7] e GB ao 11° lance), 19-10[7] e GB ao 11° lance)
- 3-17, 18-22[6], 17-30 (Se 17-3, 19-23[7] e GB ao 11° lance), 19-10[7] e GB ao 11° lance)

ð DAMA «FORÇADA» em 8 ou 29: 18-25[4], 8-15 (por exemplo), 7-12[5], 15x8, 25-29[6] GB ao 8° lance.

ð DAMA «FORÇADA» em 9: 18-31[4], 9-2, 14-5[5], 2x9, 7-18[6], 9x, 31x[7] GB

ð DAMA «FORÇADA» em 15 ou 16: 7-3[4] seguido-se 14-19[5] e temos a Transposição 3 das Posições “Objectivo a atingir no máximo até ao 5° lance” do Método Dr. Sena Carneiro (§ 1.3.1)

ð DAMA «FORÇADA» em 17 ou 30: 18-22[4] seguindo-se 7-16[5] e temos a Transposição 2 das Posições “Objectivo a atingir no máximo até ao 5° lance” do Método Dr. Sena Carneiro (§ 1.3.1).

ð DAMA «FORÇADA» em 26: 18-25[4], 26-30 (Se 26-17, 7-3 GB Se 26-29 ou 11, 7-12[5] e 25-29[6] GB ao 8° lance), 7-16[5], 30-17 (Se 30-26, 16-12[6] e 25-29 GB), 16-3[6] GB ao 9° lance.

Ver a continuação da Solução deste Método em § 2.1.3.


1.4. Conquista das Paralelas no Método Pé de Galo Deslocado

Utilizando exclusivamente uma estratégia INVASIVA, o Método Pé de Galo Deslocado é um dos métodos mais exigentes no que diz respeito aos requisitos posicionais para a conquista das Paralelas.
Se, na posição inicial se verificar, por exemplo, a ausência de qualquer das 3 Damas nas Paralelas, a utilização deste Método fica praticamente comprometida pois só em certas posições (muito raras como veremos nos exemplos) é ainda possível a sua utilização.
Um caso flagrante em que não é possível utilizar o Método Pé de Galo Deslocado, pois não há qualquer Dama Branca nas Paralelas, (apesar de haver uma Dama num canto do Circuito Médio), é a posição inicial com as 3 Damas em 1, 2 e 3, vista em § 1.1.1.

Vejamos então os requisitos posicionais para a conquista das Paralelas neste Método:

A conquista das Paralelas no Método Pé de Galo Deslocado tem que ser feita até ao 4° lance.

Para tal é necessário que, em apenas 2 lances, se posicionem:
·        a Dama do Rio na casa 14 (ou na casa equivalente 19)
·        a 2ª Dama num canto da Paralela 4→25 (ou na equivalência nos cantos da Paralela 8→29)
·        a 3ª Dama num canto do Circuito Médio (2, 9, 24 ou 31) – esta é a característica especifica que diferencia o Método Pé de Galo Deslocado de todos os outros.


Após a formação destas posições, a DAMA «FORÇADA» deverá impedir a tomada da 2ª Paralela jogando ao canto da Paralela por onde é suposto as 3 Damas entrarem na 2ª Paralela. Caso contrário a Solução da Forçada será encurtada de um lance.

Na Posição BASE, a DAMA «FORÇADA» joga, portanto, à casa 8 impedindo assim que as 3 Damas façam o lance 4-8:

As 3 Damas são assim obrigadas a fazer, ao 3° lance, um lance de espera que é executado pela 3ª Dama mudando de posição.
A 3ª Dama joga, portanto, para outro canto do Circuito Médio (casas 2, 9, 24, 31) que lhe esteja disponível, fazendo por exemplo 9-2[3].
Segue-se que, a DAMA «FORÇADA», é então obrigada a abandonar a casa 8 (devendo refugiar-se no circuito médio, por exemplo 8-22) e as 3 Damas “invadem” a 2ª Paralela, ao 4° lance, efectuando o lance 4-8[4].
O objectivo seguinte é então, formar ao 5° lance, uma das 8 Posições de preparação da conquista do Circuito Médio.
Para o fazer, é a Dama que conquistou a 2ª Paralela que vai ocupar a Flecha disponível dessa Paralela, neste caso jogando 8-15[5].

8 Posições de preparação da conquista do Circuito Médio formadas no máximo até ao 5° lance

O Método Pé de Galo Deslocado, tendo surgido como uma tentativa de solução das excepções à Forçada que existiam na altura (1980), é um Método exigente, não intuitivo e de solução diversa e por isso de difícil aplicação na pratica, mas que trouxe com ele um “perfume artístico” que elevou a Forçada para um patamar de excelência na arte da finalização nunca antes visto nos Métodos anteriores.
Sem duvida o Método com maior conteúdo artístico de todos os 4 Métodos conhecidos até hoje!!!
Vejam-se as Manobras e os Temas da Composição Artistica utilizados neste Método em § 2.1.4.


Ver a continuação da Solução deste Método em § 2.1.4.


1.5. Conquista das Paralelas na Forçada:
Regra das 3 Damas numa só Paralela

Nesta paragrafo vamos ver como a regra:


3 Damas, com o domínio do Rio, todas posicionadas numa mesma Paralela,
ganham sempre a Forçada no máximo em 10 lances.


é válida seja qual for a posição das 3 Damas numa das Paralelas.

O corolario desta regra será: Qualquer posição de 3 Damas numa só Paralela e com o domínio do Rio, se formada ao 2° lance, ganha sempre a Forçada.

Como vimos anteriormente, a formula para o cálculo das combinações (posições possíveis) de um número de peças k em um número de casas do tabuleiro n é a seguinte:
Combinações de k em n = n! / k!(n-k)!
em que k = número de peças e n = ao número de casas do tabuleiro.
Temos então que a Dama do Rio tem que estar fixa na casa de cruzamento do Rio com a Paralela.
Logo são as outras duas Damas que vão ser posicionadas nas 6 casas restantes da Paralela em questão.
Então o número de Combinações de 2 Damas em 6 casas é  6! / 2! x (6-2)! = 15. 


Se se excluírem as posições equivalentes numa mesma Paralela (exemplo: 4, 7 e 14, a posição equivalente é 14, 21 e 25) restam 9 Posições diferentes de que veremos as soluções em detalhe a seguir.



[Continúa]

Ningún comentario: