venres, 6 de outubro de 2017

Problemas Inmortais (3): Eduardo Castelo

Centenário do nascimento de
Eduardo Castelo
Por Eduardo Valente


Por sugestão do amigo Ruaz Ramos, muito conhecido e bem conceituado Damista de Lisboa, é com muito gosto que nos propusemos elaborar este 3° Problemas Imortais num espaço de tempo récord – em apenas cinco dias!
Neste caso, um PROBLEMAS IMORTAIS ESPECIAL, concebido expressamente para a celebração de mais um centenário!
Contrariamente ao PROBLEMAS IMORTAIS (2), que foi dedicado ao centenário do nascimento desse vulto impar das Damas Clássicas que foi Francisco Henriques, já falecido, vamos agora dedicar este PROBLEMAS IMORTAIS (3) ao cententenário do nascimento de um Damista ainda vivo!!!
Um Damista que deu muito de si ao Jogo das Damas em Portugal, tanto na área da gerência desportiva como no campo da competição propriamente dita.

Esse Damista é


que celebra hoje, dia 6 de Outubro de 2017, exactamente 100 anos de vida !!!


Eduardo Castelo, sendo sócio do Clube Recreativo dos Anjos durante mais de 30 Anos e tendo feito parte da Equipa da Caixa Geral de Depositos que participava nos Campeonatos da FNAT (INATEL), previligiou essencialmente a vertente do Jogo Prático, no entanto não negligenciou o Problemismo.
A publicação, só na Enciclopédia Damista, de mais de 50 trabalhos de sua autoria, seria já razão suficiente para lhe ser autorgado o titulo de Problemista mas não se ficou por aí no que diz respeito à Composição Artística. Eduardo Castelo participou em quase todos os Campeonatos Nacionais de Composição Artistica, um feito que demonstra bem a sua dedicação à modalidade!!!
Não tendo sido um expoente na arte da composição, publicou, no entanto, trabalhos muito agradáveis e de nível razoável.
Para além disso, foi um Damista que, sempre que foi solicitado a participar, não negou colaboração!
Já em 2005, com a bonita idade de 88 anos, fez questão de ainda marcar presença no numero especial de homenagem ao Dr. Sena Carneiro e com o qual se encerrou a Enciclopédia Damista. Como colaboração para esse numero especial, enviou dois jogos por ele realizados em que surgem Golpes interessantes.

Mesmo depois de, aos 70 Anos de idade, ter tido um enfarte do miocárdio durante uma partida de Damas com António de Jesus Perú na Distrital da Inatel, o que o obrigou a passar cerca de um mês no Hospital de São José em Lisboa, dizem os que ainda tem o previlégio de conviver com ele, que Eduardo Castelo é um homem de “bom coração”… Sem duvida alguma!

PROBLEMAS IMORTAIS (3)

Pesquisa biográfica e selecção de trabalhos: Henrique Guerra e Eduardo Valente
Soluções comentadas: Eduardo Valente



jj

PROBLEMAS IMORTAIS de EDUARDO CASTELO
  





Nome completo: Eduardo Fernando Sousa Castelo Teixeira
Data e Local de Nascimento:  6 de Outubro de 1917 na cidade do Porto
Profissão: Reformado da Caixa Geral de Depositos
Estado Civil e descendentes: Viúvo e pai de 3 filhas


    
Currículo Damista:

Jogo Prático:
·        Campeão Nacional por Equipas no Ano de 1983 pelo Clube Recreativo dos Anjos
·        Cinco vezes Campeão Nacional por Equipas do INATEL o que permitiu a conquista da Taça Monumental pela Equipa da Caixa Geral de Depositos na qual jogava também Alcino Mesquita.
·        Duas vezes Campeão Distrital de Lisboa do Campeonato do INATEL
·        Uma vez Campeão Distrital do Funchal do Campeonato do INATEL
·        Esteve presente numa fase final do Campeonato Nacional Individual en Oliveira de Azemeis no Ano de 1990

Composição Artística:
·        Participou no Torneio Temático da Enciclopédia Damista em 1966 no Tema Cavilha Dama Branca mas viu a sua composição eliminada por não respeitar o Tema.
·        11º classificado no Campeonato Nacional de Produções Ano 1981.
·        7º classificado no Campeonato Nacional de Produções Ano 1999 na categoria de Estudos e Finais.
·        10º classificado no Campeonato Nacional de Produções Ano 2000 na Categoria de Clássicos.
·        9º classificado (Ex-Aequo) no Campeonato Nacional de Produções Ano 2001 na Categoria de Clássicos.
·        20º classificado (Ex-Aequo) no Campeonato Nacional de Produções Ano 2002 na Categoria de Clássicos.
             ·        3º classificado no Campeonato Nacional de Soluções Ano 1973. 

Actividade de Dirigente Desportivo:
·        Responsável da Secção de Damas do Clube Recreativo dos Anjos de 1985 a 2000
·        Responsável da Secção de Damas do Clube Xadrez e Damas da Amadora de 1993 a 2000
·        Foi Tesoureiro da primeira Direcção da Federação Portuguesa de Damas entre os anos de 1980 a 1986
·        Foi Presidente do Concelho Fiscal da Federação Portuguesa de Damas entre os anos de 1986 a 2000
·        Recebeu por duas ocasiões a Homenagem Federativa por dedicação
·        Foi agraciado pela Federação Portuguesa de Damas com um Torneio de Homenagem a Eduardo Castelo que teve lugar na sede do Grupo Dramático Ramiro José a 27 de Março de 2010




  
PROBLEMA IMORTAL 21

Concorreu ao Torneio Temático da Enciclopédia Damista em 1966 no Tema Cavilha Dama Branca e mereceu o seguinte comentário do Dr. Orlando Augusto Lopes:
Desenvolvimento e apresentação muito agradáveis.”


Jogam as Brancas e Ganham



Ensaio 1: 18-21 empata por 30-27 e 27-31 EMP
Ensaio 2: 28-31 empata por 26-22 e 23-20 e 30x2 EMP


Solução: *18-22, 26x12, 17-21, 30x17, 6-3, 17x6, (Cavilha Dama Branca), 3x27(ou 30) (Corte com 1º Ángulo Branco sem opção de Captura pois as brancas são forçadas a comer duas peças pela Lei da Quantidade), 32x23, 27(ou 30)x2 (Recorte e 2º Ángulo Branco) GB.

Bonita composição com os temas Cavilha Dama Branca, Corte e Recorte e tambem Tema Angular.



PROBLEMA IMORTAL 22

Publicado originalmente na Revista da Enciclopédia Damista com o Nº595 em Novembro de 1966 mereceu o seguinte comentário do Dr. Orlando Augusto Lopes:
Muito agradável.”



Jogam as Brancas e Ganham



Solução:  13-18, 22x13, 9-18, 29x22x13, 11-2 e se:

              ð 4x18, 5-10, 13x6 e Leque por 2x20x27x9 ou 13 GB
              ð 4x21, 5-10, 13x6 e Leque por 2x20x30x17 GB

Bom Trabalho.


PROBLEMA IMORTAL 23

Publicado originalmente na Revista da Enciclopédia Damista com o Nº1233 em Setembro de 1971.

Jogam as Brancas e Ganham


Solução:  17-3, 23x1, *15-19 e se:

              ð 1x28, 16-20, 24x6, e Leque por 3x13x31x24 GB
              ð 1x23, 16-20, 24x6 (Lei da Quantidade), e Leque por 3x13x27x16 GB


Singelo Variável com Leques diferentes em cada uma das variantes.



PROBLEMA IMORTAL 24

Publicado originalmente na Revista da Enciclopédia Damista com o Nº1462 em Agosto  de 1972.


Jogam as Brancas e Ganham


Solução:  17-21, 25x18, 4-7, 11x4, 2x11, 4x14, *15-19 (se promove já por 28-31, 14x28, 31x24, *22-19, 15x22, 18-14 EMP), 22x15, 28-31, 14x28, 31x24x11x25 GB

O PN30 é um peão de correcção pois se não existisse haveria dual por 28-31 após a chave 17-21.

Este problema, que mais se assemelha a uma posição de jogo, apesar do elevado numero de peças não deixa de ser airoso e a solução fica valorizada com a nuance do 4° lance branco: *15-19!


PROBLEMA IMORTAL 25


Publicado originalmente para os Novos na Revista da Enciclopédia Damista com o Nº1715 em Dezembro de 1973.


Jogam as Brancas e Ganham


Solução: 19-22, 27x10 (Lei da Quantidade), 31-13, 2x20 e segue-se Leque com tomada para casa única *13x3x16x27 GB

Poder-se-ia pensar que PN 17 é desnecessário mas na realidade ele é de correcção dupla:
 - impede a demolição por 31-13 seguido de 19-22
 - impede dual no Leque pois sem ele as Brancas poderiam tomar também para 13x3x16x30.


PROBLEMA IMORTAL 26

Publicado originalmente na Revista da Enciclopédia Damista com o Nº1835 em Maio de 1974.


Jogam as Brancas e Ganham


Solução:  21-25, 11x4, *3-6, 4x18, *25x11! e se:

              ð 16-12, 6-10, 12-8, 11-4 GB
              ð 17-13, 6-10, 13x6, 11x2, 16-12, 2-11, 12-8, 11-4 GB

Miniatura com o segundo e o terceiro lances Brancos muito interessantes!




PROBLEMA IMORTAL 27

Publicado originalmente na Revista da Enciclopédia Damista com o Nº2991 em Abril de 1980.

  
Jogam as Brancas e Ganham


Ensaio 1: 28-32, 23x1, 8-12, 24-20, 12-16, 20-15 as Negras dominam a Flecha 15!, 16-20 e parece que GB mas … 1-5 ou 10 seguido de 15-11 e EMP

Solução: *19-5! o lance que permite trocar o lance na disputa da casa 15 que se vai seguir, 23x1 Lei da Qualidade, 28-32 e agora é o PN24 que tem que jogar 24-20, 8-12 e o PN não vai conseguir chegar à casa 15, 20-16 forçado, 12-15 e são as Brancas que agora dominam a casa 15 o que permite o GB pois segue-se 16-12, 15-19 e 32x14 GB


Miniatura airosa com ganho na Lei da Qualidade!
Interessante também a disputa final dos Peões em que, quem joga primeiro, perde a vantagem (se forem as Brancas) ou o Jogo (se forem as Negras).


PROBLEMA IMORTAL 28

Publicado originalmente na Revista da Enciclopédia Damista com o Nº2993 em Abril de 1980 teve o seguinte comentário do Dr. Sena Carneiro:
Final com interesse prático“.
Foi depois republicado também como Final N°786 nos Finais Práticos Básicos Volume 1 Pag 398.


Jogam as Brancas e Ganham


Solução:  18-11 e forma a Posição BASE que ganha como se segue:

              ð 10-1, 2-5, 1x7 (Qualidade), 4x14 GB
              ð 10-23 ou 28 ou 32, 15-19, 23 ou 28 ou 32x7, 4x14 GB
              ð 10-5, *2-6 e se:
o   5-1, 6-10 e 4x14 GB
o   5-23 ou 28 ou 32, 15-19 e 4x14 GB
o   5-10, 6x13, 17x10, 11-2 ou 15-19 GB
o   5-2, *15-20 ameaça 11-15 e se:
§  2-5, 6-10 e 4x14 GB
§  9-5 ou 17-13, 11-15 e 15x GB
              ð 10-6, 11-14 a mais rápida, 6x24, 4-11, 24x6, 2x11 GB
              ð 10-3 ou 13, 11-14 e promovendo o Peão Branco 15 GB
              ð 17-13, 11-7 para atacar o PN13 pela casa 3 GB


Nos Finais Práticos Básicos, o Dr. Sena Carneiro e Manuel Melo demonstram que, na Posição BASE formada após a chave 18-11, a única casa da Dama Negra que empata é precisamente a casa 10.
Como no Final de Eduardo Castelo a DN está na casa 10,  as Brancas formam a Base com a chave 18-11 e a DN tem que abandonar a casa 10, o que lhe ocasiona a derrota.

Mais um Final que só se ganha porque existe a Lei da Qualidade !



PROBLEMA IMORTAL 29

Publicado originalmente na Revista da Enciclopédia Damista com o Nº2994 em Abril de 1980.


Jogam as Brancas e Ganham


Solução:  *2-6 e se:

ð 17-13, 6-10, 13x6, 3x10, 24-20, 15x24, 23-19, 24-28, 19-15, 28-31, 15-11, 31x9, 11-7, 9-5 GB

ð 18-13, 6-10, 13x6, 3x10, 24-20, 15x24, 23-19, 24-28, 19-15, 28-31, 15-11, 16-20 e promovendo o PB as Brancas ganham por final conhecido.

ð 18-14, 15-20, 24x15, 6-11,  3x28 GB

ð 23-19, 15x22, 18-14, 22-26, 14-10, 6x13, 17x10, 26-29, 10-5,*29-19, 5-2, 19-15 2x20, 16x23 GB

Chave bonita !



PROBLEMA IMORTAL 30

Concoreu ao IV Campeonato Nacional de Produções (2000) e obteve o 9º Lugar na categoria de Estudos e Finais.


Jogam as Brancas e Empatam


Ensaio 1: 11-15, 4-8, 15-19 (se 22-27, 8x19, 27-30, 18-13, 30-17, 13-9, 17-3, 9-5, 3-10, 19-28, 10x32, 5-1 GN), 18-14, 19-23, 8x26, 23-27, 31x22, 24-28, 26-30, 28-31, 30-27, 31-24, 22-19, 24-31, 27-9, 31-28, 9-2, 28-23, 2-11, 23-27, 14-10, 27-22, 19-14 etc e GN

Solução:  11-14, 18x11, **22-27, 31x22, 24-28 e as Negras entram em ZugZwang pois se:

              ð 22-19, *28-32 e as Negras não têm lance pelo que empatam.
              ð se outro lance que não o 22-19, nada impede o 28-32 e as Brancas dominam o
                  Rio e empatam.

Bonito Empate em ZugZwang!



Como conclusão podemos dizer que, de uma forma geral, os trabalhos de Eduardo Castelo não se caracterizam pela dificuldade extrema mas deixam sempre uma sensação agradável a quem os soluciona.
Há sempre um elemento artístico ou um detalhe interessante!


Ningún comentario: